Arquivo | Marketing RSS feed for this section

Saiba o que é SEO: técnicas podem destacar seu site no Google

1 jul

seo-1342125686319_615x300

S-E-O. Essas três letras podem até passar despercebidas pela maioria dos internautas. Mas se você deseja fechar negócios online em um site ou mesmo disseminar as suas ideias em um blog, cedo ou tarde você vai ter que se deparar com elas – caso contrário, um blog ou site feito com “tanto amor e carinho” poderá ficar às moscas.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization. Em português, o termo significa Otimização para Sites de Busca. Na prática, SEO significa se utilizar de técnicas para melhorar a posição do seu site no Google (maior motor de buscas da internet) e fazer com que a página tenha mais visibilidade. Consequentemente, mais visitantes.

Há dezenas de técnicas para fazer com que um site melhore a posição nos mecanismos de busca. São ações que os visitantes nem percebem, mas que o Google leva em conta na hora de decidir qual site aparece na primeira página das buscas. As ações podem ser feitas dentro do site ou fora dele. É o chamado SEO on-page (no site) ou off Page (fora do site).

Um exemplo de prática de SEO feita dentro de um site é marcar com negrito as palavras mais importantes do seu texto (essa prática fará com que o Google destaque seu site na hora em que alguém busca essa palavra). Criar links externos para o seu site (ou seja, colocar o link em outros locais da internet) é um exemplo de prática de SEO feita fora da página.

Fonte: Edgard Matsuki do site Uol Tecnologia

Anúncios

Como fazer um plano de marketing para sua empresa

28 jun

Especialista indica o passo-a-passo de como elaborar esse documento e seus pontos essenciais

Mantenha sua equipe bem treinada

 

Como fazer um plano de marketing?
Respondido por Frederico Mafra, especialista em marketing

As empresas têm percebido que saber planejar é essencial para se ter sucesso. Muito mais que um instrumento teórico, o plano de marketing é uma ferramenta imprescindível para que o empresário possa focar seus esforços nas oportunidades que o mercado lhe apresenta, aplicando de maneira eficaz e eficiente seus recursos.

A elaboração de um plano de marketing pressupõe a integração de pessoas e recursos da empresa em torno de processos de análise e identificação de mercados-alvo, criação, comunicação e entrega de um produto ou serviço de valor para o consumidor final. O resultado deve propiciar a satisfação do cliente, e para a empresa, crescimento de mercado e retorno financeiro para o empresário e seus colaboradores.

Confira as quatro etapas principais de um plano de marketing.

1. Análise do ambiente de negócios
A empresa deve estudar seu mercado de atuação e/ou similares (histórico, tamanho, potencial de demanda, etc.), buscando identificar uma ‘oportunidade de marketing’ que pode ser trabalhada pelo plano.

2. Marketing estratégico
Nessa etapa, a análise detalhada dos ‘atores-chave’ que fazem parte do setor de negócios escolhido pela empresa – consumidores, concorrentes, fornecedores -, e em que a oportunidade de marketing deverá ser desenvolvida.

Ao final desta etapa, a empresa define o modo como a quer ser percebida e lembrada pelo consumidor. Este é o ponto principal de todo o processo de planejamento de marketing, pois busca definir os diferenciais que a empresa irá trabalhar nas ações de marketing para ganhar mercado e superar seus concorrentes.

3. Marketing tático
Nesse momento são definidas as ações práticas do planejamento, a partir do posicionamento definido anteriormente. São especificadas, em detalhes, as características do produto (ou serviço) a ser ofertado, seu preço, a forma de comunicação e de distribuição do mesmo junto ao mercado-alvo.

4. Controle e avaliação
A quarta etapa deve tratar dos mecanismos de controle e avaliação do plano, por meio da definição de métricas e indicadores de desempenho que permitam à empresa medir o alcance dos objetivos e estratégias definidas.

A elaboração de um plano de marketing permitirá à empresa ser eficaz (ter foco e objetivos definidos) e eficiente (ter estratégias e ações práticas) no mercado escolhido para atuar. Também é a base para a construção de uma vantagem competitiva sustentável.

Fonte:  http://exame.abril.com.br/